Pensamentos Felizes II

by - domingo, janeiro 04, 2015

Continuação do primeiro texto do blog: Pensamentos Felizes


  "Ela lhe contou histórias, ele a ensinou a voar...”

As cortinas do meu quarto se moveram inquietas, mas não havia nada lá. Puxei os cobertores até o queixo, me virei e tentei dormir.

- Não imaginei que você fosse voltar. - disse ao encontrar Peter ao lado da minha cama.
Não consigo acreditar que não tenha me assustado com ele, afinal, não esperava realmente sua visita.
E também não consigo acreditar que ele ainda se lembre de mim, afinal são tantas aventuras na vida desse garoto, pensei que já esteve me esquecido por completo.
- Eu disse que te ensinaria a voar, estou apenas tentando cumprir o que prometi. - ele disse se sentando na beira da cama.
Ele se aproximou de mim e me deu um beijo na bochecha.
Acho que de todas as coisas impossíveis e inesperadas essa é a numero um.
- Por que me beijou? - não pude deixar de perguntar.
- Porque eu quis. - ele riu fraco, parecia um pouco mais velho naquele dia.
Se é que isso é possível.
Sininho entrou voando e saltitando pelo quarto.
- Tenho certeza que você vai aprender a voar hoje. Pense em coisas boas e lindas. - ele disse e eu comecei a pensar.
Não como da outra vez.
- No que está pensando? - ele me perguntou.
- Paz, amigos de verdade, uma família melhor. Um destino incrível. - eu comecei e Sininho voou sobre a mim. - Milhares de aventuras e um final feliz depois de cada uma.
Peter riu baixinho e eu estava tão concentrada no que estava pensando que não percebi que meus pés já não tocavam o chão.
- Peter?! - eu disse quando percebi que estava voando. Voando. Eu. Eu estava voando. Finalmente. Estava feliz!
- Eu disse. - ele sorriu.
- Mas eu já sou velha demais para isso.
Peter levantou uma sobrancelha e pela primeira vez desde que ele entrou no quarto eu percebi que ele não tinha mais o mesmo tamanho de garotinho que sempre teve.
- Peter, você cresceu! - eu exclamei em choque, meus pés voltaram a tocar o chão.
Ele sorriu torto e deu de ombros.
- Só um pouco. - ele disse olhando para a vista além da minha janela. - Queria poder levar pessoas com a sua idade para a Terra do Nunca, vocês são solitários, tristes e precisam de aventuras. - ele me olhou. - Eu cresci por uma boa causa. Vamos? - ele disse estendendo a mão para mim.
Eu mal conseguia respirar. Peter Pan em pessoa, embora um pouco crescido, estava me convidando para a Terra do Nunca.
Eu jamais voltaria para casa.

“Então venha comigo, onde nascem os sonhos, e o tempo nunca é planejado. Basta pensar em coisas alegres, e seu coração vai voar nas asas, para sempre, na Never Never Land!”
Até logo! 

You May Also Like

20 comentários

  1. Eu amei, amei. Quero continuação, vai ter continuação né??? Amei
    pensamentosdefabs.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Mais uma? Hahaha, vou pensar nisso, quem sabe? (provavelmente vai ter sim, fique ligada <3).
      Muuuito obrigada :3

      Excluir
  2. Que texto lindo, adorei a reconstrução do conto do Peter!

    Beijão!
    Boneca de Pano Rosa

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Muito obrigada, fico muito feliz que tenha gostado.

      Excluir
  3. UAU, adorei, adorei, adorei. Achei lindo, nossa, me senti voando ksjdask
    www.dai-sies.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. *O* Fico feliz que tenha gostado e se sentido assim :3

      Excluir
  4. Nossa, que lindo! Me remeteu tanto a minha infância... Achei sua escrita tão doce e delicada. Puro amor!

    Beijos, e feliz ano novo!
    Blog Coisas de Vih | Fanpage

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Nunca pensei no modo que escrevo desse jeito, fico muito feliz que pense assim *O*

      Excluir
  5. Sou apaixonada pelas histórias que envolvem Peter Pan. Amei! Vou ler a primeira parte <3
    Beijos, www.doseujeito.tk

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Fico feliz que tenha gostado *---* Talvez eu escreva mais sobre Peter, fique ligada <3

      Excluir
  6. Que texto mais lindoo, adorei, super inspirador! <3
    Bisouss,
    www.pequenomuffin.com.br

    ResponderExcluir
  7. Awwn, que lindo! Faz mais uma continuação, adoraria ler...

    sugar-purry.blogspot.com

    ResponderExcluir
  8. vc escreve mt bem, flor.


    bjss
    http://gipsyyy.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  9. Sempre fui apaixonada por qualquer coisa que envolvesse Peter Pan! Seu texto me conquistou Fiquei até com vontade de ver os filmes de novo, rs. É muito amor ♥

    Obrigada pelo comentário no blog! Concordo com tudo o que você disse e espero que algumas pessoas mudem sua postura com relação a padrões de beleza entre outros.

    Beijos,
    Nalu
    http://coisasafiins.blogspot.com

    ResponderExcluir