Debate do Filme: A Pele que Habito

quinta-feira, fevereiro 12, 2015


Oi gente, como vão??

Olha, recadinho antes do post: essa é a primeira resenha de filme aqui do blog, mas o filme escolhido não é meu preferido, longe disso. É um dos piores filmes que eu já vi, por isso mesmo quero fazer, sei lá, tipo um debate, então mandem a opinião de vocês nos comentários, quem não liga pra spoilers, lê os spoilers que eu dei do filme, por favor, e me ajudem com a opinião de vocês a tirar esse filme da minha cabeça, porque desde quando eu o assisti ele tem me perturbado (pouco, muito, depende). Eu nem sei direito o que pensar desse filme.

Outra coisa, desculpem pelo tamanho do post, juro que nem sempre farei isso e que vão ser raras resenhas com spoilers aqui (tanto de filmes, quanto de livros, não sou fã de ficar dando spoiler).

Vamos lá geeeeente, alguém já assistiu esse filme?? Quero textos nos comentários, u.u quero opiniões bem formadas e quero debate. (Aceito polêmica também, okay?) Vamos lá??

Ficha Técnica

Título: A pele que habito
Título original: La piel que habito
Ano: 2011
País: Espanha
Diretor: Pedro Almodóvar
Roteiro: Pedro Almodóvar e Agustín Almodóvar
Atores principais: Antonio Banderas, Elena Anaya e Jan Cornet
Duração: 115 minutos
Classificação: 16 anos (Violência, Conteúdo sexual, Drogas ilícitas). 
Gênero: Drama/Suspense 
Avaliação: 4,5
(Nota de 0 até 10,0)

Trailer



Sinopse

Desde que sua esposa foi queimada em um acidente de carro, o Dr. Robert Ledgard, um iminente cirurgião plástico, interessou-se em criar uma nova pele com a qual ele poderia tê-la salvo. Depois de 12 anos, ele consegue criar uma pele que é um verdadeiro escudo contra qualquer forma de agressão.
Além de anos de estudo e experimentação, Robert precisava de mais três coisas: nenhum escrúpulo, um cúmplice e uma cobaia humana.
A falta de escrúpulos nunca foi um problema. Marília, a mulher que cuidou dele desde que nasceu, é sua mais fiel cúmplice. Mas a cobaia humana...

Resenha

Mais do que mexer com a minha mente, esse filme mexeu com meus princípios como pessoa, me deixou sem ar. No começo eu fiquei confusa, mas quando entendi, por completo, a realidade do filme (que eu, particularmente, achei um tanto cruel demais), fiquei sem ar nos pulmões, não consigo encontrar palavras para descrever esse filme. E não. Não fiquei sem ar por ter gostado do filme, fiquei sem ar pela crueldade de Robert (personagem principal) e pela história do filme em si, é perturbador. Não tenho tanto assim para falar do filme, a sinopse é ótima, assisti o filme apenas lendo ela, então não vou falar tanto do filme, mas sim da minha opinião sobre ele.

Eu esperei anos para assistir esse filme, desde o seu lançamento crio minhas expectativas sobre ele. Por Antonio Banderas e porque sou super fã dele, eu pensei que o filme fosse incrível e tudo mais. Mas sério. Dá um tempo!

Não é que eu não entendi a essência do filme. Eu não entendi a lógica dele. Certo, admito, eu achei um tanto surpreendente, meio chocante. Completamente insano. Até um pouco doentio. Ele tem uma reviravolta incrível, (e todos sabem que eu amo reviravoltas). Mas eu não consegui "engolir" algumas coisas desse filme. 

No começo pensei em dar nota 10,0 para esse filme, só pela reviravolta e pelo choque que ele me causou, quando a cobaia humana (quem Robert usa para criar a famosa pele que resiste a tudo) foi revelada. Mas a cada vez que me lembrava do filme (depois de assisti-lo até o final) sua nota foi abaixando em minha mente, até ficar vermelha. Impossível dar nota 10,0 para um filme tão doentio quando esse. 

Não sei se gosto do cinema espanhol, é deeenso demais, pesado demais, carregado demais. (Com cenas explicitas demais também, cenas que seriam irrelevantes se não fossem filmes tão pesados). Esse filme só me ajudou a ter uma visão negativa do cinema espanhol.

Desculpem, se vieram procurando uma resenha positiva, terão que visitar outros sites, eu encontrei resenhas ótimas dele na internet, mas como aqui (no blog) eu dou apenas a minha opinião, tenho que dizer que não gostei nem um pouco desse filme. Não odiei, confesso, mas não pretendo assistir de novo. 

Em resumo e sem spoilers é isso, é um bom filme, tenho que admitir, mas ele me atingiu em alguns princípios que eu tenho (ele vai contra tudo o que eu acredito, tipo isso) de tal forma, que não pude gostar dele. Como eu disse: é tudo muito insano, doentio. Se você já assistiu, gostou e não concorda comigo, me desculpe, eu assisti o filme apenas uma vez e não pretendo assistir de novo, nem entender a "essência" dele, obrigada. Ele é o que é

Deveria ser classificado como horror psicológico, terror psicológico, sei lá, qualquer coisa do gênero. Esse não é, realmente, um filme para qualquer um, acho que você tem que ter uma "bagagem psicológica" para "aguentar/aceitar" tudo o que se passa em A Pele que Habito, bagagem e preparação essa que eu não tenho, acho que foi por isso que não gostei tanto assim do filme. Não sou psicologicamente estável para filmes assim. 


Agora quer saber porque uma avaliação tão baixa?? 4,5? Escrevi uma segunda resenha repleta de spoilers, então se pretende assistir esse filme, não leia, vai estragar tudo o que o filme tem de bom (acredite, ele não tem muito de bom, mas não perca isso, okay?!)

Resenha com Spoiler

Só leia se já assistiu o filme ou se não pretende assistir! 

Doentio. Vou tentar explicar em poucas palavras o filme inteiro (para que a resenha não fique longa demais) e o porque de ter dado uma nota tããão baixa (já que geralmente não faço isso). 

O filme começa com a cobaia humana, Vera, o projeto já está praticamente completo. Ela usa uma roupa colante com a cor de sua pele e é mantida trancada por Robert, um cirurgião plástico que, desde a morte da esposa, tenta criar uma pele "perfeita", indestrutível. 

O passado sombrio de Robert nos é apresentado no decorrer do filme, como em flashbacks. Descobrimos que sua esposa infiel (sim, a esposa que Robert tanto amava - e que ainda ama - loucamente, o traia) sofreu um terrível acidente de carro, onde quase morreu e teve sua pele totalmente queimada. Robert consegue salvar a esposa e ao contrario do que todos acreditam, depois de ser mantida em um quarto escuro e sem espelhos, ela começa a se recuperar. Quarto escuro porque sua pele sensível não suporta mais a claridade. Sem espelhos porque sua forma física está horrível. 

Levada pela voz de Norma, filha do casal, que está no jardim cantando uma musica que a mãe a havia ensinado, a mulher (mãe de Norma/esposa de Robert) vai até a janela e acaba vendo seu reflexo ali, chocada, ela se joga da janela. Muito abalada por presenciar tudo aquilo, Norma passa a viver a base de medicamentos, afastada da sociedade. 

Depois de um tempo Robert e Norma são convidados para uma festa de casamento: oportunidade perfeita para que Norma comece a se aproximar das pessoas e superar seu trauma. Mas as coisas dão completamente erradas. Norma conhece Vicente e se deixa levar. Eles acabam em um jardim. Ele sabe exatamente o que quer, mas ela não tem certeza. 
Não entendi exatamente o que se passou nessa parte, sei que Vicente estava prestes a estupra-la, mas não entendi se ele fez isso ou não (e cada resenha que eu leio sobre o filme diz uma coisa, então considerem o que quiserem, ambos são ruins de qualquer forma). 
Vicente dá um tapa em Norma, que desmaia e quando acorda, começa a crer que seu pai a violentou e fica transtornada, já que a primeira pessoa que ela viu ao acordar foi Robert. 

Se sentindo inútil por não ter conseguido salvar a esposa (ele deveria tê-la salvo, segundo ele, já que trabalha como cirurgião) e se sentindo péssimo com o estado da filha, ele começa a unir as duas situações e planejar um plano completamente louco. 

Sério, eu sei que você que não assistiu o filme ainda, que quer assistir, mas que não se aguenta de curiosidade ainda está lendo esse post, mas sério, tudo o que leu até agora não é um spoiler tããão grande assim, então pare de ler, último aviso. 

Com projetos malucos para criar uma pele indestrutível e "perfeita" ele precisa de uma cobaia. Com um desejo/sede de vingança incontrolável que começa a sentir por Vicente, rapaz que estupro/tentou estuprar Norma, ele encontrou a cobaia perfeita. 

Mas cruel que isso: Robert sequestra Vicente, o tortura por um tempo, o deixando com pouca água e sem comida e começa a fazer cirurgias no rapaz. 
A primeira é a mudança se sexo. Depois cirurgias plasticas que transformam Vicente em uma mulher, mas não uma mulher qualquer: Robert o transforma em sua falecida mulher. Exatamente igual a sua falecida esposa. 

Mesmo que Vicente tenha sido transformado em Vera (nome que Robert da para ele depois de "transformado em mulher"), ele ainda é um homem. Vicente não é gay e foi forçado a trocar de sexo. Mas deseja fugir, deseja sair daquele lugar. Então depois de um tempo tentando fugir, Vicente/Vera "aceita" sua condição feminina para conquistar a confiança de Robert e enfim, conseguir fugir. 

O que me deixou chocada com o filme foi descobrir que a cobaia, a mulher linda que eu vi no começo do filme (interpretada pela atris Elena Anaya), era na verdade um rapaz chamado Vicente, que estuprou uma garota e foi transformado na ex-mulher de um cirurgião louco que quer se vigar dele e criar uma pele indestrutível que poderia ter salvo sua esposa morta!!!
Mas o que me deixou louca, mexeu com o meu psicológico, feriu meus princípios e que foi contra tudo o que eu acredito foi o fato de Robert ter se apaixonado por Vicente/Vera. Nada contra ele se apaixonar por Vicente, mas Vicente estuprou a filha dele. Ele queria se vingar de Vicente. 

Me desculpem, o corpo de Vicente foi transformado, ele virou uma mulher linda e perfeita, a cara da ex-mulher de Robert, mas "por dentro" ainda era Vicente, AINDA ERA O GAROTO QUE ESTUPRO NORMA! E o fato de Robert ter se apaixonado pelo rapaz que estuprou sua filha... Isso eu não consegui engolir. Sei lá. Isso não me entra na cabeça. É antiético, tudo bem se apaixonar por um cara, eu não tenho problema nenhum com a comunidade LGBT, pelo contrário, super apoio e acho que cada um tem que viver sua vida como quiser, amando quem quiser, sem ser julgado por isso; mas se apaixonar por alguém que machucou/feriu/fez mal a uma pessoa que você ama, isso para mim é doentio. Como você pode se apaixonar por alguém que machucou alguém que você ama, tipo sua própria filha? E daí que ele/ela tinha a cara de uma mulher linda e se parecia com a ex-esposa que Robert tanto amava? Não era ela. Não era uma mulher e nem queria ser uma mulher. Era um rapaz. Que nem era gay, nem amava Robert de volta. Mas também não um rapaz qualquer. ERA UM RAPAZ QUE ESTUPROU A FILHA DELE. COMO ELE PODE SE APAIXONAR POR VICENTE? 

Espero que tenham entendido, às vezes eu entendo o que eu escrevo, mas vocês não, então quem leu essa parte e não entendeu algo, escreve ai nos comentários, (com um aviso para os outros leitores que contém spoiler, por favor <3 porque ler comentários com spoilers é horrível), eu ficarei feliz em esclarecer as duvidas de vocês. Mas sério, resumo geral de tudo: meu problema com o filme, além da realidade cruel dele e o fato de ser extremamente denso, pesado e carregado, foi Robert ter se apaixonado por alguém que fez mal a filha dele, filha que ele amava. Isso, eu - como pessoa - , não consigo aceitar. Vai contra os meus princípios.

Fim da resenha com Spoiler


Espero que tenham gostado da resenha, não pretendo fazer muitas resenhas com spoiler, vocês sabem que eu não curto muito dar spoiler, porque muitas pessoas não gostam, mas eu tinha que falar abertamente desse filme, para explicar a vocês e a mim mesma porque não gostei dele. Desculpem pelo post enooorme, mas se você leu tuuuudinho até aqui, muito obrigada :* (beijinhos para você por conseguir isso).

(Créditos as imagens: todas foram tiradas do Google, perdi os links :/, para variar)
 Até logo! 

You Might Also Like

26 comentários

  1. Oi oi!
    Já vi a capa desse filme, mas nunca li nem vi uahuaha
    ** tem spoiler da parte do spoiler UGASUAS **
    Pelo que li na resenha (principalmente a com spoiler) acho que você não conseguiu pegar a essência. Era Vicente/Vera que estava ali, igual a sua ex-mulher falecida que tanto amava, mano, eu entendo o cara. É sim, doentio, mas é a verdade. Não é fácil assim conseguir ver uma pessoa totalmente diferente do que você quer ver e está vendo, ele estava esperando a esposa, e era isso que o importava, não o Vicente. Ele ainda estava apaixonado pela esposa, seguiu-me?
    Acho que Academia de Vampiros que me fez isso, principalmente. Vou falar spoiler aqui, mas se você quiser, não lê, ok? yGASUAYAS
    ** spoiler de academia de vampiros, lá pelos ultimos livros **
    Em Academia de Vampiros, tem a principal, a Rose, e o Dimitri, que é o amor dela etc. Ele vira um Strigoi, que é vamos dizer um cara mal e ele NÃO É MAIS ELE, porém ele ainda age como tal e fala como tal, por isso mesmo, depois de ele virar Strigoi, Rose vai numa missão para matá-lo (porque era melhor morrer do que virar um strigoi), mas acaba sendo tipo escravizada por ele, e ela começa a querê-lo. Mesmo que sua pele estava mais clara, mesmo mostrando os caninos como nada antes (strigoi são um tipo de vampiro) e mesmo querendo matar a chefe para ele e rose ficar no topo, ELE NÃO A AMAVA MAIS, ELE NÃO ERA MAIS DIMITRI. E, mesmo assim, por capitulos e mais capitulos, lá ela ficou. Querendo-o. Porque ele cheirava como o tal, ele falava como o tal, e lia livros como o tal.
    ** cabo spoiler **
    O fato é que as vezes queremos tanto que não ligamos pras coisas erradas, somente pras certas.
    Acho que ao fim, fiquei interessada em ver o filme por causa dos spoilers UYSYAUA parece muito interessante, de verdade, e cheio de coisas loucas ><
    - um monte de estrelas

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu entendo que ele queria a esposa dele, que ele amava a esposa dele, mas aaaah pra mim é o Vicente, meu problema é que eu não consigo vê-lo de outra forma. Até entendo o personagem e sua paixão pelo Vicente/Vera que é exatamente igual a sua esposa, maaas é como eu disse, -eu- nunca vou conseguir aceitar isso, hahaha. Acho que não entendo a essência desse filme mesmo, hahaha.
      Li os spoilers de Academias de Vampiro, (confesso que, como não acompanho os livros, não entendi muito bem, hahaha), mas é como você disse mesmo, quando queremos demais algo, não importa o que temos que fazer para conseguir, a gente vai lá e faz.
      Assista, mas se não gostar a culpa não é minha, hahahaha e se gostar também não, hahaha. Mas assiste e me conta o que acha. <3

      Excluir
  2. Nooooossa, nunca assisti o filme, mas acabei lendo a resenha com spoilers. Não sabia nem a sinopse do filme e não imagina que fosse tão intenso, e muito menos perturbador desse jeito. Não consigo acreditar que Robert fez isso, sério, se bem que uma pessoa doentia que fica obcecada desenvolvendo uma espécie de "pele indestrutível" não é muito sã. De qualquer forma, isso continua sendo muito bizarro, nem vou assistir o filme...

    Beijão, www.opinada.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Muito. Bizarro.
      Sei lá, pra mim, foi doentio além da conta. Realmente Robert não é uma pessoa muito sã. Mas não digo para você não assistir, quem sabe acaba assistido e tendo uma opinião diferente da minha?! Nunca se sabe.

      Excluir
  3. Esse filme é muito doentio! Eu vi esse filme na escola, na aula de espanhol. Minha amiga é espanhola e ela disse que nem todo filme de lá é psicótico desse jeito. Menos pior né... Quando eu vi o título dessa resenha eu até estranhei, porque esse filme não é nada a sua cara. Nem a minha.

    ♡ Beijos da Mari | maridisse.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Fico feliz em saber que nem todos os filmes são assim, porque olha... Nunca mais assistiria filme espanhol desse jeito.
      Realmente, não é nem um pouco a minha cara, assisti apenas pelo Antonio Banderas, nem conhecia a sinopse dele, foi mais pelo ator mesmo e me deparei com isso.

      Excluir
  4. Oi! Nunca tinha visto alguém falar sobre o filme, tudo bem que cada pessoa tem a sua opinião mais eu preciso ver realmente o filme pra poder entender realmente tudo direitinho. Confesso que achei meio estranho o filme, mas ao mesmo tempo interessante.
    {Poeira Lunar}

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É. Bem estranho e confesso que se eu lesse uma resenha sobre ele, também ficaria curiosa para assistir. hahaha. Você precisa assistir e ter sua opinião dele por si mesma, se quiser voltar aqui depois e me contar o que acha, fique a vontade <3

      Excluir
  5. Oi, Carla!
    Sinto a maior vontade de assistir a este filme, parece ser bem reflexivo e tenso. Já vi muitas resenhas positivas sobre ele, e outras falando que é insano e doentio, como você disse. Algum dia vou assistir e tirar uma conclusão..
    Adorei sua resenha, bem detalhada!


    Beijos, Juliana.
    http://afinefrenzzy.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Assista e tire suas próprias conclusões, quem sabe você não gosta do filme?! É só uma questão de opinião, se quiser me contar depois o que acha dele, fique a vontade <3

      Excluir
  6. Olá, tudo bem? Eu não tinha vontade de assistir então li a resenha com spoiler. Pelo o que você explicou, é sobre um homem que estuprou a filha do cirurgião, depois ele para querer se vingar deixou parecido com a ex-mulher e então Robert se apaixonou? Desculpe-me mais eu me recuso a aceitar nisso, pois se tratando de Pedro Almodóvar esperava algo mais elaborado, especial não sei talvez até mais romântico. Enfim, entendo que ele queria a mulher dele de nova só que o Vicente - acho que é isso - não era ela, só uma pessoa igual.
    Beijos ♥
    D-eciphered.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi :)
      Resumindo melhor o que eu expliquei no post, porque talvez tenha ficado confuso: A mulher de Robert acabou falecendo por uma serie de motivos. A filha dele foi estuprada por Vicente. Robert, querendo criar uma pele indestrutível e querendo se vingar de Vicente, usou o cara como cobaia humana para a criação da pele que poderia ter salvo sua esposa.
      Só que Robert transformou Vicente em sua esposa morta e se apaixonou por ele/ela.
      Não sei se você se recusa a aceitar que o filme seja assim por gostar do Almodóvar, (só assisti esse filme que ele tenha dirigido é não tenho boas impressões dele, não pretendo assistir mais nenhum filme dirigido por ele e me desculpe se você gosta dele, mas estou começando a acha-lo superestimado demais) e achar que o filme deveria ser melhor já que é dirigido por ele ou se não aceita o enredo do filme em si. Eu não entendi muito bem.
      Mas eu não consigo aceitar de jeito nenhum o fato de Robert ter se apaixonado por Vicente, o estuprador da sua filha. Porque por mais que eu entenda que era a "cara" da mulher dele, "por dentro/no interior" ainda era o Vicente.

      Excluir
    2. Me recuso acreditar no enredo do filme, já que Almodóvar tem capacidade de fazer coisas muito melhores, enfim, é o que eu pensei o rosto pode ser igual mas não muda o fato de Vicente continuar sendo o mesmo homem que estuprou a filha dele.

      Excluir
    3. Exatamente o que eu pensei, ainda é o Vicente, é doentio. Sei lá, hahaha, não é, sem duvidas, o melhor filme do mundo.

      Excluir
  7. Esse filme é assustador, maravilhoso, polemico e sei lá, não sei explicar quantas reações tive ao mesmo tempo ao assistir esse filme. Muitas críticas negativas sobre ele mas eu sou maravilhada com esse filme.
    Com tanta maldade no mundo, nada mais me surpreende e que o filme não me faça entender.
    A Bela, não a Fera
    FB Page A Bela, não a Fera

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Finalmente alguém que tenha gostado do filme comentando!!! hahahaha.
      Sei lá, esse é aquele tipo de filme que ou você ama, ou você odeia. Eu não consegui gostar, mas fico feliz que outras pessoas pensem diferente de mim.

      Excluir
  8. Em um vídeo o Felipe Neto fala sobre esse filme e fala justamente isso, que é doentio e eu queria assistir para ver se é mesmo e sim, eu li sua resenha com spoiler e vou assistir do mesmo jeito ahahah (vai me entender). Mas assim que eu assistir volto no seu blog para dar minha opinião (mesmo que seja em outro post, eu realmente vou voltar para opinar).

    queissobela.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Também assisti esse vídeo, concordo plenamente com ele nessa questão, hahaha.
      VOLTE, VOLTE mesmo (de verdade) E ME CONTE TUDO, ;) Preciso saber o que você pensa sobre esse filme <3 Se você concorda comigo, se discorda... A sua opinião será sempre muito bem vinda.

      Excluir
  9. Apenas, UAU!
    Post compleeeeeeto! Tanto que eu que nem conhecia a história já tô sabendo! ahahaha
    Agora quero ver pra saber o que acho!
    Beijocas

    rendasepaetes.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. *O* Muito obrigada pelo completo.
      Depois de assistir, volte e me conte o que achou, pode ser até em outro post mesmo :3

      Excluir
  10. Confesso que não gosto, já algumas coisas sobre o filme, a drama toda, mão não gosto, esse filme, essa historia é meio ou você ama ou você odeio!

    simplesmenteassimj.blogspot.com

    ResponderExcluir
  11. Eu assisti esse filme como muita expectatica por estar o Antonio Bandeiras, e já na metade do filme não queria ver mais, vi até o final por teimosia e curiosidade, mas não gostei mesmo.
    Não para nada o tipo de filme que prende ou que eu goste.
    Só minha opnião, rsrs
    Beijos
    http://www.materiafeminina.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu também, pelo Banderas e já na metade do filme não queria mais assistir. Eu apenas assisti até o final porque simplesmente não acreditava que o filme podia ser aquilo mesmo, eu deveria estar louca, imaginando coisas, mas o filme, na minha cabeça, não podia ser aquilo e no final era aquilo mesmo, beeeem desanimador.
      Concordo pleeeenamente com a sua opinião. hhaahaha.

      Excluir
  12. O filme e um pouco cruel né ! Nunca tinha ouvido falar dele a primeira vez foi aqui na resenha !
    http://seututorialmeututorial.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir

Popular Posts

Seguidores

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *